Ataque do Talibã mata cerca de 150 no norte do Afeganistão

Um ataque do Talibã contra um quartel do Exército do Afeganistão na província de Balkh, no norte do país, deixou cerca de 150 mortos e dezenas de feridos. O balanço foi passado a uma emissora afegã pelo deputado provincial Shujauddin Shuja. 

O atentado ocorreu na tarde desta sexta-feira (21) e, segundo o Ministério da Defesa, vitimou sobretudo soldados desarmados que saíam da mesquita ou almoçavam em um refeitório. A ação foi realizada por 10 terroristas, sendo que dois eram suicidas, sete foram mortos em um tiroteio de cinco horas com as forças de segurança, e um acabou preso. 

Na tarde deste sábado (22), o quartel recebeu uma visita do presidente do Afeganistão, Ashraf Ghani. O atentado foi reivindicado pelo Talibã, grupo fundamentalista islâmico que governou o país entre 1996 e 2001, por meio de uma foto que mostra o comando de 10 jihadistas vestindo fardas militares pouco antes da operação. 

Comentários