Bebê que foi baleado em Itabuna, recebe alta

O bebê de um ano e um mês que foi baleado no bairro Novo São Caetano, em Itabuna, no sul da Bahia, na última quinta-feira (30), recebeu alta nesta segunda-feira (3). O pai da criança, o músico Gabriel Alves de Júnior, de 27 anos, disse ao G1, nesta segunda-feira (3), que o menino passa bem."[O bebê] Está bem, graças a Deus. Só ficou com uma marquinha [dos tiros] no bumbum e no braço", disse o pai. Outras três pessoas ficaram feridas no mesmo ataque: o avô do bebê, de 52 anos, um homem de 34 anos e um adolescente de 14. 

De acordo com Gabriel Júnior, a criança foi atingida no braço e parte das nádegas. O bebê passou por cirurgia no Hospital Manoel Novaes, onde ficou internado em Itabuna. "Ele [bebê] está assustado demais, não pode ouvir nenhum barulho que se assusta e só quer ficar no colo", revelou. Após a alta, o médico pretende se mudar para Goiânia (GO), local onde já morou. "Depois do susto que a gente passou, não tenho como ficar aqui", contou. Na manhã de sexta-feira (31), um dos suspeitos do ataque foi preso. 

O homem foi encontrado com uma arma de fogo e drogas. Apesar de ele negar envolvimento no crime, a polícia acredita que ele seja responsável pelo ataque, já que foi reconhecido por testemunhas. "Tudo indica que o alvo [do ataque] foi o adolescente. Ele já recebeu alta e vai ser ouvido. Apenas o homem segue internado", informou o delegado Marlos Macedo. A investigação aponta que o crime pode estar relacionado com tráfico de drogas.

Comentários