Berrío é punido pela Conmebol e só volta ao Fla contra o San Lorenzo

Contratado no fim de janeiro, junto ao Atlético Nacional, o atacante Orlando Berrío, do Flamengo, foi suspenso pela Conmebol por três partidas pela expulsão contra a Universidad Católica, na segunda rodada da primeira fase da Libertadores. Além de cumprir suspensão automática contra o Atlético-PR na semana que vem, ele fica fora da partida de volta contra o Furacão, em Curitiba, e mais o jogo no Rio de Janeiro contra o time chileno. A informação é do site Lancenet!.

Com a punição, o jogador só retorna ao time do Flamengo contra o San Lorenzo, na última rodada, em Buenos Aires, na Argentina. Pelo regulamento disciplinar da Conmebol, não cabe recurso em punição de até três partidas. O Flamengo foi comunicado nesta terça-feira à noite da punição.

Berrío foi contratado por R$ 11 milhões (US$ 3,5 milhões). Ele tem 12 partidas e dois gols pelo Flamengo até agora. Na derrota por 1 a 0 em Santiago, para a Católica, Berrío foi expulso aos 38 minutos do segundo tempo. O Rubro-Negro já perdia com o gol do uruguaio Santiago Silva. Em empurra-empurra na área, o atacante empurrou o chileno Parot, que caiu no chão. O árbitro mostrou o vermelho direto - o que terminou determinando a pena de três partidas. Atual campeão da Libertadores pelo Nacional, Berrío já havia sido expulso na última competição continental.

Comentários