Consórcio recebeu GPS para o georeferenciamento de imóveis rurais

O Consórcio de Desenvolvimento Sustentável - Litoral Sul recebeu equipamentos nesta segunda-feira, 3, para a 2ª etapa do Projeto de Regularização Fundiária de 4 mil propriedades rurais.  A iniciativa é fruto de um convênio firmado entre o CDS-LS, a Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) e a Coordenação de Desenvolvimento Agrário (CDA), com o objetivo de estimular o desenvolvimento rural e propiciar melhores condições de trabalho e renda no campo.

Os aparelhos de GPS Geodésico, L1 e L2 garantem uma maior precisão para o serviço de georeferenciamento dos imóveis cadastrados no Território Litoral Sul. Para essa etapa, o coordenador do projeto, Elias Jacob explica que os técnicos do CDS-LS estarão sendo treinados para operar os equipamentos em campo. 

Ao longo de três meses, a equipe do Consórcio vem realizando uma série de visitas aos municípios associados para o cadastro das propriedades rurais. Dentre os municípios que mais avançaram nos cadastros, somam Buerarema, Floresta Azul, Ibicaraí e Uruçuca. 

De acordo com o secretário de Planejamento e Desenvolvimento Econômico de Uruçuca, Águido Muniz, o município tem fortalecido o apoio ao projeto, com a realização de diversos mutirões, com cerca de 50 atendimentos para cadastro dos agricultores. Para o prefeito Moacyr Leite, “é um projeto muito importante de inclusão, pois a partir da titularização dos agricultores, eles vão ter acesso às políticas públicas e ao crédito para investir nas suas propriedades”, destacou o gestor.

CDS-LS
Ainda somam às ações do Consórcio, os serviços de licenciamento e fiscalização ambiental através do convênio de Gestão Ambiental Compartilhada-GAC, firmado em 2014 com a Secretaria Estadual de Meio Ambiente.

Comentários