Sedur intensifica ações nos bairros e terraplanagem do acesso para Mutuns

Enquanto o prefeito Fernando Gomes negocia em Brasília recursos para projetos estruturantes na área de urbanismo e para as obras de uma nova ponte, implantação do parque da cidade e do acesso interligando a BR 101 à 415, a Sedur intensificou no último final de semana as ações em Itabuna. Com isso, foi intensificada a operação tapa buracos visando a recuperação da malha viária urbana, além da terraplanagem do Monte Cristo e do acesso Itabuna/Mutuns.

O secretário de Desenvolvimento Urbano, Patrick Olbera Monteiro explica que na terraplanagem do bairro Monte Cristo e do acesso a Mutuns, com nove quilômetros de extensão, foram mobilizadas equipes com 70 homens coordenados pelo diretor de pavimentação da Sedur, engenheiro Leonardo Formigli, contando com o apoio de duas patrols, um rolo e três caminhões.

Patrick Olbera Monteiro informa que o trabalho de recuperação do acesso a Mutuns estará concluído ainda esta semana. A partir daí serão intensificadas as ações de melhoria das estradas vicinais, assegurando as condições de acessibilidade da população rural para a área urbana e facilitando o escoamento da produção agrícola destinada ao programa de aquisição de alimentos (PAA) e escoamento dos produtos para abastecimento das feiras livres.

Em paralelo as estas ações, ele explica que a Sedur intensificou  a operação tapa buracos que chegou aos bairros Juca Leão e acesso ao Real Ville. “O nosso cronograma de trabalho prevê ações em todos os bairros visando a recuperação da  malha urbana de toda a cidade, que apresenta sérios problemas de conservação em função da falta de investimentos ao longo dos últimos oito anos,” complementou.

O secretário também fala da expectativa com início de obras voltadas para a mobilidade urbana e infraestrutura. Um exemplo é a construção de uma passarela sobre o rio Cachoeira, que terá um custo de R$ 1,1 milhão e depende agora da realização da licitação, uma vez que os recursos já foram disponibilizados no orçamento municipal. A Sedur também estuda, em parceria com Emasa, projetos para investimentos em saneamento básico e despoluição do rio Cachoeira.

Comentários