Bombeiros aprovam após novos pedidos, mas Fla e Bota jogam em Volta Redonda

Cinco meses após iniciar as obras no Luso-Brasileiro, na Ilha do Governador, o Flamengo ainda não vai inaugurar o estádio em jogos oficiais contra o Botafogo. Os Bombeiros fizeram novas exigências e terminou, em nota, aprovando o "novo projeto" de segurança do clube. Mas não foi o suficiente. A CBF informou perto das 22h que não havia laudos suficientes para jogar no estádio da Portuguesa. Com isso, Flamengo e Botafogo vão jogar em Volta Redonda, às 11h, do próximo domingo.

O Flamengo ainda sondou a possibilidade de levar a partida, de última hora, para o Maracanã. Apesar do Regulamento Geral de Competições da CBF, no artigo 13, inciso II, prever "solicitações de alteração de horário de partida dentro do mesmo dia, e de local da partida (estádio), desde que na mesma cidade", com cinco dias de antecedência. O local indicado para a partida, originalmente, era Volta Redonda, na impossibilidade de contar com a Ilha, que acabou se confirmando.

Após vistorias do Gepe (Grupamento Especial de Policiamento em Estádios) e dos Bombeiros no fim da semana passada, houve nova vistoria na manhã desta terça-feira. A série de exigências irritou os dirigentes rubro-negros. A principal delas foi o aumento das dimensões das saídas de emergência. Sem os laudos de segurança (emitido pela Polícia Militar) e LPCI (Laudo de Proteção contra Incêndios, emitido pelo Corpo de Bombeiros) naquele momento, não foi possível obter a licença para a realização da partida.

O próximo jogo oficial do Flamengo em casa será em 14 de junho - contra a Ponte Preta, pela sétima rodada do Brasileirão. Como inicialmente a previsão era que o estádio estivesse pronto para a disputa da Libertadores - que começou em 8 de março - será de três meses a diferença entre as datas planejadas.

O Flamengo tem contrato por três anos (renováveis por mais três) com a Portuguesa para a utilização do estádio. O Rubro-Negro construiu estrutura novas e deixou o local com as cores do clube. A capacidade é de pouco mais de 20 mil espectadores. No ano passado, ele foi utilizado justamente pelo Botafogo, primeiro rival no novo palco.

Comentários