Encontro de Sistemas Agrosivilculturais aberto a produtores rurais e a agricultores familiares

Produtores rurais e agricultores familiares interessados em aprender técnicas que aumentem a produção e produtividade de suas lavoura e pecuária e facilitem a reconstrução da mata original ou no reflorestamento parcial de áreas desmatadas podem participar do  III Encontro Baiano de Sistemas Agrossilviculturais (EBSAGS), cujas inscrições estão abertas.  

O evento será realizado de 5 a 9 de junho, em Itabuna,  no campus e auditório da Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC), e no Centro de Treinamento da CEPLAC, no Km 22 da BR-415-Jorge Amado, em Ilhéus. As inscrições podem ser feitas no endereço eletrônico www.ebsags.com.br

Cada pessoa que fizer sua inscrição poderá ainda escolher formas de participação nas palestras, cursos, minicursos e oficinas no Simpósio para o Pacto Internacional Silvipastoril (Simpais) ou Painel sobre Mudanças Climáticas, bastando que faça a opção no ato de inscrição. Estão disponíveis pacotes em atividades individuais, duplas ou triplas.  

A terceira edição do EBSAGS debaterá estratégias de incentivo ao agronegócio e à empresa rural, além de proporcionar a integração dos participantes com especialistas em sistemas silvipastoris. Também será boa oportunidade por reunir a excelência acadêmica e realizar palestras e discussões sobre usos da terra, da floresta e do recurso água nas propriedades rurais.  

No evento também será discutida a regularização ambiental das fazendas de cacau e agropastoris no sul da Bahia.  Ao final, serão conferidos certificados aos participantes, que  ainda poderão participar da Feira do Produtor. O III Encontro Baiano de Sistemas Agrossilviculturais é uma realização da Ceplac, Fundação Pau Brasil, Sociedade Brasileira de Sistemas Agroflorestais (SBAF), Grupo de Pesquisas em Conservação Produtiva e Instituto Biofábrica de Cacau. 

Ainda, Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC) e SEBRAE. Conta com o apoio do Governo da Bahia, Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (SECTI), Prefeitura de Itabuna, Biosementes - Plantando Soluções, CAPES, Módulo Rural, Professional Clean e Gráfica Mesquita.  

Comentários