Inter oficializa Guto Ferreira como novo técnico

O Inter oficializou na tarde desta terça-feira a contratação de Guto Ferreira como seu novo técnico, no lugar de Antônio Carlos Zago. O clube publicou um comunicado no site oficial, minutos após o Bahia comunicar o desligamento do treinador e o acerto com o clube gaúcho. O novo treinador será apresentado na quinta-feira, na sala de imprensa do Beira-Rio.

O contrato do treinador vai até o final de 2017, com possibilidade de renovação por mais uma temporada. Iniciada ainda na segunda-feira, a negociação foi concluída nesta terça, após uma reunião entre o vice de futebol Roberto Melo, o executivo Jorge Macedo e o treinador em Piracicaba, no interior paulista, onde o técnico tem residência.

Para tirar o treinador do Bahia, o Colorado vai arcar com uma multa rescisória de cerca de R$ 600 mil, segundo informou o clube baiano. As condições de pagamento, porém, não foram detalhadas. Junto com Guto, também chegam ao Beira-Rio os auxiliares Alexandre Faganello e André Luís, o preparador físico Valdir Júnior e o coach Gustavo Evangelista.

Aos 51 anos e com dois acessos no currículo, por Ponte Preta e pelo próprio Bahia, Guto chega ao Beira-Rio com a missão de recolocar o Inter na elite do Brasileirão. A estreia do novo treinador será no sábado, diante do Juventude, no Beira-Rio, pela quarta rodada da Série B.

Nesta quarta-feira, no confronto contra o Palmeiras, pelas oitavas de final da Copa do Brasil, o Inter será comandado pelo seu auxiliar permanente, Odair Hellmann – um dos auxiliares do novo treinador deve acompanhar o jogo no Beira-Rio.

A missão que aguarda o treinador não será fácil. Guto terá de equilibrar a equipe – conforme as cobranças da diretoria – para fazer prevalecer a maior qualidade do elenco colorado ao longo da Série B. Até porque é preciso melhorar (e muito) a colocação na tabela. Passadas três rodadas, o Inter ocupa a 10ª colocação na competição, com quatro pontos somados e a dois do G-4.

Guto retorna ao Inter após 15 anos. Natural de Piracicaba, interior de São Paulo, o técnico trabalhou no clube entre 1997 e 2002. No último ano, inclusive, trocou as categorias de base para ser alçado ao time principal, ao substituir Ivo Wortmann e conquistar o Gauchão daquela temporada, o primeiro título da Era "Fernando Carvalho", então presidente.

Comentários