Reunião entre rodoviários e empresários termina sem acordo

A reunião entre os sindicatos dos rodoviários e das empresas de ônibus terminou sem acordo na tarde desta terça-feira (16). Segundo o vice-presidente do Sindicato dos Rodoviários, Fábio Primo, não houve avanços nas negociações. “Infelizmente não houve avanço nenhum, o sindicato dos patrões continua apresentando a mesma proposta, sem mudança”, afirmou.

O representante dos rodoviários garantiu que não haverá nenhuma paralisação ou atrasos nesta quarta-feira (16), como aconteceu hoje. A categoria volta a se reunir em assembleias na quinta (17), mas também não há previsão de interferência na circulação dos ônibus.

“Eles estão empurrando a gente para uma greve. Os trabalhadores já estão organizados para uma greve por tempo indeterminado”, afirmou Primo. Segundo ele, a greve só vai se efetivar caso não haja acordo entre as partes. Na sexta-feira (18), os sindicatos voltam a se reunir no Ministério do Trabalho para tentar um acordo.

E na segunda-feira (22), a categoria, que decretou estado de greve, vai fazer uma nova assembleia. Segundo o diretor de relações sindicais do Setps, Jorge Castro, os empresários ainda vão avaliar se existe a possibilidade de fazer mudanças na proposta apresentada à categoria. “Toda negociação tem esses impasses, como ainda vai ter outra reunião, deve se decidir na sexta ou na segunda de manhã. Estamos avaliando as propostas”, afirmou. 

Comentários