Bandidos que atiraram em delegado e esposa tinham praticado dois assaltos

Antes de tentar roubar o delegado Rusdenil Franco Lima e em sua esposa Gilciane de Andrade Lima durante uma tentativa de assalto nesta quarta-feira (31) na Avenida Paralela, em Salvador, Jamilton Silva Muniz, 19 anos, e um adolescente de 17 anos já haviam praticado dois outros assaltos na mesma região. A informação foi divulgada pela polícia na manhã desta quinta-feira (1º) depois que efetuaram a prisão de Jamilton, a apreensão do adolescente e a prisão de Elias Conceição da Paixão, 20 anos.

Elias, segundo a investigação, foi preso por ter guardado em sua casa no bairro da Sussuarana a arma usada por Jailton e pelo adolescente no crime. Em entrevista à imprensa, Jamilton afirmou que o adolescente efetuou os disparos de forma acidental. “Me desesperei e reclamei com ele (o adolescente). Me desesperei. Não tinha a intenção de ferir ninguém. Ele disse que quando chegou no vidro a arma disparou sozinha. Foi acidente”, disse Jamilton que revelou ter praticado os assaltos para pagar uma dívida no valor de R$300.

O delegado Odair Carneiro do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) afirmou que os três vão passar por exames de pólvora para confirmar quem atirou. “O delegado não reagiu. Em depoimento à polícia, ele disse que fez menção de abrir os vidros”, afirmou Carneiro.

A polícia chegou até os três - que moram na mesma rua no bairro de Sussuarana - depois que câmaras do sistema de segurança da região mostraram a fuga na moto. Através da identificação da placa os policiais chegaram até o registro da moto, que está em nome de uma mulher de Feira de Santana. Ela revelou ter recebido várias multas em Salvador, o que deu o caminho para os policias chegarem até  Jamilton, o primeiro a ser preso na manhã desta quinta (1).

Junto com o trio a polícia apreendeu a moto e a arma usadas no crime além de 15 celulares que teriam sido roubados pela dupla na moto antes da abordagem ao delegado. Os três responderão por duplo latrocínio tentado, porte de arma e roubo.

O ataque ao delegado e sua esposa  aconteceu por volta das 8h30 de quarta-feira (31) nas proximidades da Madeireira Brotas. Rusdenil estava dirigindo seu carro, um Volkswagen Up, na região da Ligação Iguatemi Paralela (LIP) quando foi abordado pelos homens na moto Honda XRE, de cor amarela. Um policial militar passava pelo local e socorreu o delegado.

Rusdenil foi atingido no antebraço esquerdo e socorrido para o Hospital da Bahia (HBA), onde foi operado e recebeu alta ainda ontem.  Sua esposa também foi baleada e socorrida por um taxista que passava no momento do crime e levou-a para o Hospital Geral do Estado (HGE) com ferimentos no braço esquerdo e na perna esquerda. Ela foi transferida para uma clínica ortopédica onde foi operada e segue internada em situação estável.

Comentários