Com mudanças, Bahia encara o Flamengo por recuperação

As lamentações pela sequência de derrotas precisam ser esquecidas no Bahia. Hoje, o tricolor encara o Flamengo, às 18h30, na Arena Fonte Nova, com a chance de quebrar o jejum de quatro jogos sem triunfos e subir na tabela do Brasileirão.

Para dar a volta por cima e mudar a situação, Jorginho vai fazer mudanças. Sem Renê Jr., suspenso, e Edson vetado por uma lesão no joelho, Juninho volta ao time titular ao lado de Feijão. O xodó tricolor pediu desculpa pela falha contra o Corinthians - que proporcionou o terceiro gol alvinegro -, e projetou um duelo duro contra os cariocas.

“Fomos para São Paulo com o objetivo de fazer um grande jogo. Começamos bem, mas não conseguimos manter o ritmo. A derrota dói, mas já é passado. Precisamos nos recuperar no campeonato e vamos buscar a vitória diante do Flamengo de qualquer jeito” disse o volante.

A mudança mais importante, no entanto, deve acontecer no setor de criação. Depois de jogar alguns minutos contra o Corinthians, a tendência é que Régis ganhe a posição de Vinicius. Destaque tricolor na temporada com 11 gols, o meia voltará a ser titular depois de seis partidas fora.

Histórico favorável
Por falar em números, o retrospecto no confronto é favorável para o tricolor. Desde 1968, Bahia e Flamengo se enfrentaram 39 vezes pelo Brasileirão unificado com 12 triunfos para Esquadrão, onze dos cariocas e 16 empates. O último encontro aconteceu em 2014. O argentino Emanuel Biancucchi marcou os dois gols nos 2x0 na Fonte Nova.

Comentários