Sonia Abrão detona participação de Dudu Camargo no Pânico: 'Situação deplorável'

A jornalista e apresentadora Sonia Abrão falou, nesta segunda-feira (26), no A Tarde é Sua, sobre a polêmica participação do apresentador Dudu Camargo no Pânico na Band, que foi exibida neste domingo (25).

Sonia afirmou que o caso foi uma “situação deplorável” e que o jornalista perdeu a noção. “Cadê o empresário que não viu a baixaria ao qual ele foi submetido?”, indagou.

“Porque não deixaram ele só no estúdio? Agora levaram ele lá pro prostíbulo, sei lá… Quem foi o doido que colocou o Dudu nessa história? Tudo isso pra mostrar que não é gay? Você pode ser gay sem baixaria, ser hetero sem baixaria”, pontuou a apresentadora.

Abrão ainda disse que poderia ser o caso de Camargo sair do comando do Primeiro Impacto. “A figura dele não tem a menor condição de ser ligada a um telejornal. O curso natural das coisas seria ele ser desligado do Primeiro Impacto”, opinou.

Polêmicas
Nas últimas semanas, o apresentador Dudu Camargo, do SBT, tem participado de uma série de discussões. Na semana passada, ele registrou um B.O. contra rapaz que o acusou de agressão. 

Outro episódio polêmico foi a participação dele e da atriz Maisa Silva durante um jogo no programa do Silvio Santos, no SBT, que gerou comentários nas redes sociais.

Dudu e Maisa
O comportamento de Maisa foi duramente criticado por Sônia Abrão, que se irritou com a atitude de Maisa diante das câmeras. Para a apresentadora, a adolescente foi "mimada" e "mal educada" em suas respostas. Ela sugeriu que Maisa se colocasse no lugar de Dudu.

“Quando ela se despediu e disse pro Silvio ‘eu sei que você me ama mais que todo mundo’, talvez estivesse com ciuminho porque todo mundo fala agora que ele (Dudu Camargo) é o queridinho do Silvio Santos? Não sei. Só sei que foi, de fato, um ‘climão’. E ela tem que se desculpar pela grosseria, pela falta de educação, pela antipatia, pela arrogância, pelo salto alto, Maísa. É muito cedo, tá, pra você começar… E é aquela velha história: um dia, a conta vem. E aí essa pessoa que acha que pode tudo, que pode pisar no colega porque ela é demais, vai ficar sozinha. As pessoas não vão querer partilhar nada, nem um programa de televisão”, criticou Sonia.

Comentários