Universitária é morta por bala perdida durante tiroteio entre bandidos

Uma bala perdida acertou as costas da universitária Rayane Karoline Pinto Pereira, 21, que morreu a caminho do Hospital e Pronto-Socorro Platão Araújo, por volta das 20h deste sábado.

A jovem caminhava pela calçada da rua Itanhambu, no bairro da Cidade Deus, Zona Norte de Manaus, quando vários homens, que seriam membros de facções criminosas rivais, começaram a trocar tiros e um dos projéteis alojou-se nas costas de Rayane Karoline.

Um homem que não foi identificado e que passava no mesmo local também foi atingido com uma bala no joelho direito e também foi levado por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Platão Araúujo.
Depois da troca de tiros, que durou cerca de cinco minutos, os homens envolvidos no confronto armado foram embora do local. Nenhum deles foi reconhecido pelas testemunhas do episódio.

A universitário foi dada como morta pelos médeicos que a atenderam e o corpo removido para o Instituto Médico Legal (IML), onde o clima entre os familiares era de desespero e revolta.

A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) está investigando o crime.

Comentários