Cormier parabeniza Jon Jones pela luta no UFC 214: ‘Fez um trabalho fenomenal’

Nenhuma ofensa ou xingamento. Daniel Cormier preferiu elogiar o arquirrival Jon Jones após ser nocauteado no UFC 214, na madrugada de domingo, em Anaheim, nos Estados Unidos. Em seu perfil no Instagram, o ex-campeão dos meio-pesados publicou uma carta aos fãs e aproveitou para parabenizar o novo detentor do cinturão do UFC ao invés de criticá-lo. Nem mesmo pediu um terceiro combate contra Jone, pelo menos não neste momento.

“Em primeiro lugar, obrigado a todos pelas palavras gentis. Eu senti todo esse apoio. Parabéns para o Jon Jones e sua equipe. Ele fez um trabalho fenomenal e conseguiu a vitória. Além disso, eu gostaria de me desculpar com para Big John McCarthy (árbiro). Agradeço o tempo que você me deu para tentar me defender e ficar na luta. Você é o melhor do UFC por um motivo. Eu também quero agradecer a minha equipe e meus treinadores. Eu amo vocês todos, do fundo do meu coração. Seu tempo e energia foram muito apreciados. Vocês fizeram um trabalho maravilhoso, eu estava pronto. É uma luta rápida e as coisas acontecem. Dana White e o UFC, obrigado por tudo. Mais uma vez, felicidades ao Team Jones e JacksonWink. Amo todos vocês. Vejo vocês em breve. DC”, escreveu, em inglês, o lutador norte-americano.

Jon Jones reconquistou o cinturão dos pesos-meio-pesados ao derrotar Cormier por nocaute a 3m01s do terceiro round. Jon Jones reconquistou o cinturão dos pesos-meio-pesados ao derrotar Cormier por nocaute a 3m01s do terceiro round. O campeão recebeu o bônus de "Performance da Noite" e ganhou US$ 50 mil (cerca de R$ 156 mil).

De acordo com o site "MMA Junkie", Jones tinha bolsa fixa, sem bônus de vitória e performance, de US$ 500 mil (cerca de R$ 1,6 milhão), enquanto Daniel Cormier teve direito a uma bolsa fixa de US$ 1 milhão (cerca de R$ 3,1 milhões).

Comentários