Milton descarta usar Nenê enquanto durar indefinição: “Não seria justo”

Enquanto Nenê não resolver seu futuro no Vasco, ele não será escalado por Milton Mendes. Em coletiva, o técnico evitou entrar em detalhes sobre o futuro do meio-campista, mas garantiu que não irá utilizar um jogador que pediu para sair do clube, por entender não ser justo com os demais atletas.

- Um jogador que demonstra interesse em sair do clube, eu não posso escalá-lo, não posso colocá-lo para jogar. Não tenho mais nada a acrescentar do que o presidente disse. De minha parte, ele sempre faz parte enquanto entendeu que ser jogador tem seus direitos e deveres. A partir do momento que ele próprio anuncia que quer sair... Palavras ditas pela boca dele. Não posso fazer nada. Tenho que defender o Vasco – afirmou Milton.

Nenê pediu prazo até sábado para levar à diretoria propostas de clubes interessados. Em coletiva, Eurico Miranda afirmou que o jogador não ficará encostado.

Enquanto isso, Milton se debruça nas opções para o jogo contra o Atlético-MG, no domingo. Ele dificilmente terá Wagner, que sente dores na coxa e não treinou nesta sexta-feira. Thalles, suspenso, e Luis Fabiano, ainda em transição física, também são desfalques. A ideia é usar a base.

- Vamos ter que pensar em outra (solução para o ataque). O Luis tem um problema na bacia, mas o certo é que não estará nos próximos jogos. Tem a possibilidade do Andrés (Rios), do Paulinho, do Paulo Vitor jogar, não de centroavante, mas em outra função. Tem possibilidade de uns garotos entrarem, sim.

Comentários