Sport e Náutico deixam Copa do Nordeste e falam em fundar nova liga

Sport e Náutico concretizaram uma ameaça antiga, de deixar a Liga do Nordeste. Com isso, os clubes pretendem abandonar a principal competição da entidade, a Copa do Nordeste, a partir da edição 2018.

O pedido de desfiliação foi entregue na sexta-feira (30), e nesta segunda-feira (3) os clubes deram uma entrevista coletiva para explicar as razões. O Santa Cruz, outro descontente com o regional, vai submeter a desfiliação ao seu Conselho Deliberativo.

Como publicado pelo CORREIO na última terça-feira (27), o trio de ferro pernambucano reclama da remuneração do regional. “A competição é deficitária. Nós, clubes grandes, pagamos para jogar”, disse o presidente do Sport, Arnaldo Barros.

Segundo levantamento feito pelo CORREIO, o Sport arrecadou desde 2013, quando a Copa do Nordeste iniciou o novo formato, mais de R$ 6,6 milhões. Esse valor é referente apenas às cotas de participação em cada fase, sem bilheterias e premiações.

O rubro-negro pernambucano foi o clube que mais ganhou em cotas. O Bahia, campeão da edição 2017, arrecadou R$ 6,1 milhões, e o Vitória, que não participou em 2016, ganhou R$ 3,4 milhões.

Barros garantiu que a intenção dos clubes não é garantir cotas maiores apenas para si. “Fizemos uma consultoria que nos deu sinais de que o valor de uma competição dessas é duas ou três vezes maior. Portanto, não queremos vantagens para os clubes de Pernambuco. Queremos um aumento de receitas para todos”, disse.

Por fim, Barros evidenciou que pretende formar uma nova competição com os dissidentes: “Vamos aguardar, outros clubes devem se juntar. Daí, podemos criar uma nova entidade e procurar as emissoras para vender o produto”.

Os dissidentes querem realizar a copa num formato com menos clubes, sem jogos simultâneos com os estaduais. Entre as propostas, existe a de formar duas divisões. A segunda divisão teria os clubes classificados pelos estaduais.

Bahia e Vitória, por ora, seguem na Liga. A reportagem procurou os clubes, mas não obteve resposta.

Consequências

Para o presidente da Liga, Alexi Portela Júnior, a saída de Sport e Náutico não representa que os clubes deixaram o Nordestão: “Deixar a associação é uma decisão deles. Mas para deixar a competição será preciso notificar a CBF, o que ainda não aconteceu”, disse.

O mandatário da Federação Pernambucana, Evandro Carvalho, disse que a notificação à CBF só acontecerá após a definição do Santa Cruz.

Ainda que Sport, Náutico e Santa Cruz deixem o regional, Alexi acredita na continuação dele: “Já recebi a confirmação do Salgueiro de que vai disputar a copa. Ceará e Fortaleza já me ligaram que vão continuar. Então não há razão para temer. Clubes grandes como Vitória e Ceará já ficaram de fora e a competição foi um sucesso”.

Seletiva sorteada

Ainda nesta segunda-feira (3), pela manhã, a CBF sorteou os confrontos da fase seletiva da Copa do Nordeste 2018. O Fluminense de Feira vai enfrentar o Globo-RN. O Santa Cruz, que pode desistir da competição, pegaria o Itabaiana-SE. Os jogos ainda não possuem data.

Comentários