Cinco homens são mortos durante confronto com policiais em Juazeiro

Cinco homens morreram e outro foi preso durante um tiroteio com policiais militares em Juazeiro, no Vale do São Francisco baiano, nesta terça-feira (1º). Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), eles são suspeitos de terem assaltado o Banco do Brasil de Sobradinho, também no Vale do São Francisco, no último sábado (29). O grupo estaria planejando um novo ataque, desta vez, ao banco da cidade de Sento Sé. 

Os policiais chegaram até os suspeitos após receberem denúncia anônima. O grupo estava em uma chácara no Jardim Flórida, zona urbana do município, quando foi surpreendido. Os PMs montaram campana nos arredores da chácara e abordaram, primeiro, dois suspeitos que estavam em um carro Gol. Eles estavam com máscaras no veículo, confessaram o crime e levaram os policiais até o restante da quadrilha.

Segundo a SSP, os militares foram recebidos a tiros quando se aproximaram da chácara, o que deu início a um tiroteio. No confronto, todos os cinco suspeitos foram baleados e mortos. Eles foram identificados como Cleyton Alves Tenório, Wescley Aguiar de Oliveira, João Augusto Leal do Vale e Júlio Carlos Pereira Rocha. O quinto homem ainda não foi identificado. 

Já Robério Alves de Oliveira foi preso e encaminhado para a 17ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/ Juazeiro). A polícia acredita que havia outras pessoas na chácara e que uma pequena parte do bando conseguiu fugir. A operação foi realizada por policiais da Rondesp/Norte. 

Os policiais apreenderam no imóvel unidades de emulsão para explosivos com espoletas acopladas, três fuzis – dois de calibre 7,62 e um 556 – uma pistola 9 milímetros e dois revólveres, além de munições compatíveis com estes armamentos e de calibre.50. Foram ainda encontrados quatro coletes balísticos e 200 miguelitos (instrumentos pontiagudos com várias pontas utilizados para furar pneus e provocar atraso na chegada do reforço policial) e diversas placas de veículos.

Comentários