Não interessa a mim nem ao PT retirar Temer, diz Josias Gomes

Retornando à cadeira na Câmara Federal após três anos  Josias Gomes (PT) foi exonerado nesta terça-feira (1º) para votar a denúncia contra o presidente Michel Temer (PMDB) nesta quarta-feira (2). Mas, para quem achava que o PT iria votar a favor da admissibilidade da denúncia, se enganou. Em conversa com o BNews em Brasília, na tarde de hoje, o ex-secretário de Relações Institucionais disse que o partido não tem interesse em retirar Temer da Presidência.

Isso confirma as especulações de que para o PT da Bahia é menos pior com Temer do que Rodrigo Maia. Essa tática também aponta que a sigla baiana trabalha para que o prefeito ACM Neto (DEM) não seja o maior beneficiado, caso Maia viesse a assumir a cadeira. “Não interessa a mim e nem ao meu partido retirar o temer e colocar alguém com as mesmas ideias e pensamentos e que alias comandou o desmonte dos direitos sociais e trabalhistas do povo brasileiro”, afirmou.

Para Josias, a melhor maneira de retirar o peemedebista do poder é via eleições diretas. “Tenho a clareza que se tem que ser julgado que a justiça vai faze-la q1uando ele concluir o mandato dele ou quando houver um consenso entre as for5ças que são contra o Michel Temer de que o caminho são as eleições diretas”, reforçou.
O petista ainda confirmou que o governador Rui Costa divide a mesma opinião. “Rui concorda e já disse isso e falará quantas vezes for necessário. E também conversou com os governadores do Nordeste. Se não alertarmos para este fato podemos cometer um erro com o povo nordestino levando o DEM a ser presidente da República.

O governador Rui Costa se reuniu, na noite desta segunda-feira (31) com parlamentares e secretários para tratarem da votação, entre outros assuntos.

Comentários