Vitória somou mais de um terço dos seus pontos após chegada de Mancini

Foram apenas três jogos, mas já dá para notar o efeito Mancini no Vitória. No curto período sob comando do técnico, o Leão já conseguiu mais do que a metade dos pontos que havia somado antes da sua chegada.

Quando Vagner Mancini foi contratado, o rubro-negro tinha 12 pontos e havia conquistado três triunfos, três empates e dez derrotas. Invicto nas três partidas com o treinador, somou sete pontos, com duas vitórias e um empate.

O técnico melhorou consideravelmente o aproveitamento do time. Antes da sua chegada, era de 25%. No curto período com ele, foi de 77%.

A consequência dessa evolução é que o Vitória está três pontos atrás do primeiro time fora da zona de rebaixamento. A Chapecoense, 16º colocado, tem 22, enquanto o rubro-negro soma 19. Quando Mancini assumiu, a diferença era de cinco pontos para o 16º, na época o Atlético-PR.

Mancini quer o mesmo desempenho no segundo turno, que começa contra o Avaí, sábado (12), às 19h, no Barradão: “Nós temos que encarar o segundo turno dessa forma, como foram encarados esses nove pontos. Importante pontuar, porque você vai pulando de posições. Sábado, será importante nos manter dessa forma para que rapidamente possamos sair da zona”.

Comentários