Professor é preso e confessa abusar sexualmente de alunas adolescentes em Olinda

Um professor de inglês de 32 anos foi preso por abusar sexualmente de adolescentes que eram alunas dele em Olinda, no Grande Recife. A prisão ocorreu na casa do docente, no bairro de Jardim Atlântico, na sexta (13). Nesta segunda (16), a Polícia Civil informou que o homem confessou ter praticado sexo com as estudantes e que os atos contavam com a participação da esposa dele.

As investigações do caso tiveram início em março deste ano, quando o pai de uma das duas vítimas que procuraram a polícia denunciou os abusos. Segundo a Polícia Civil, o professor prometia aulas gratuitas às jovens.

“Se isso aconteceu, foi realmente no início, porque ele usava esse pretexto para praticar os atos sexuais”, explica o delegado Vinícius Silva de Oliveira, da Delegacia do Varadouro, à frente das investigações.

Durante a prisão do homem, foram apreendidos computadores, um pen drive e um celular, onde havia fotos íntimas das estudantes, de 14 e 15 anos. Devido às idades das duas jovens, a polícia não configura o crime como estupro de vulnerável. “Ainda assim, há o crime de armazenar imagens de menores em arquivos digitais”, afirma o delegado.

A esposa do professor também é investigada pela Polícia Civil. “Ficou clara a participação dela porque o próprio homem confessou que ela participava dos atos sexuais”, diz Vinícius Oliveira.
Depois de serem ouvidas, as adolescentes informaram à polícia de que o homem prometia casar com uma delas. “Elas disseram que ele tinha pretensão de casar com uma adolescente e trazer a outra para morar em união estável junto com a esposa”, conta o delegado.

Com a prisão temporária decretada pela Justiça na sexta (13), o homem foi encaminhado ao Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, no Grande Recife.

Comentários