Corpo encontrado em Vassouras é da farmacêutica grávida, confirma perícia

O corpo encontrado carbonizado dentro de pneus, no último dia 23 em Vassouras, é o da empresária e farmacêutica Nathalie Rios Motta Sales, de 37 anos, que estava desaparecida. Os setores de antropologia e odontologia forense do Instituto Médico-Legal (IML), da Polícia Civil do Rio, concluíram as pesquisas no fim da tarde deste domingo.

A confirmação veio por meio de exames na prótese mamária, de um cordão usado pela vítima, e de três dentes encontrados no local, embora o assassino tenha tido o cuidado de arrancá-los antes de queimar o corpo. O resultado foi entregue à Delegacia de Descoberta de Paradeiros (DDPA), que investiga o caso, e apontou o ex-namorado, o dentista Thiago Medeiros, de 33 anos, como o principal suspeito do crime. Ele foi a última pessoa a ter contado com a farmacêutica. O corpo dela foi encontrado a 15 minutos do local onde mora a família do acusado. Nathalie estava grávida de três meses.

— As evidências mostravam que o corpo era da Nathalie. Os brincos e parte de um suéter, que a vítima usava quando foi vista pela última vez, também estavam no local onde o corpo foi encontrado. No entanto, precisávamos dessa confirmação pelos nossos laboratórios forenses — disse a titular da DDPA, Elen Souto.

Thiago está preso, preventivamente, no Complexo de Gericinó. A polícia acredita que o dentista não agiu sozinho. Para a polícia, Nathalie foi assassinada porque a gravidez era indesejada por Thiago, pai da criança, que estava noivo de uma médica, com quem já morava há cerca de dois anos, em Botafogo. O dentista é de uma família influente em Vassouras.

Irmã pede justiça

A irmã de Nathalie, Carolina Rio, fez um pedido em uma rede social para que as pessoas compartilhassem a sua publicação: "Amigos, peço, do fundo do meu coração, que compartilhem o meu post (e não somente o vídeo) com o máximo de amigos que puderem. Quero, e preciso, que isso chegue até Vassouras e Barra do Piraí, além do Rio, pois, caso o Sr. Dr. Thiago Medeiros seja considerado culpado, o processo correrá por uma dessas duas cidades. Precisamos também que a opinião pública tome conhecimento do assunto para o caso de um possivel julgamento. Será um júri popular a decidir o destino desse Sr. Não deixem que minha irmã e seu bebê caiam no esquecimento. Compartilhem!"

Comentários