Homem que atirou em PM amante da esposa é preso na Liberdade

Eric Damasceno dos Santos, 36 anos, foi preso nesta quinta-feira (13) depois de se apresentar na 2ª Delegacia (Lapinha) acompanhando de um advogado e assumir que atirou no policial militar Ruan Veber Patriarca, 29, amante da esposa dele, a doméstica Claudiane de Jesus Santos, 30. O crime aconteceu na noite de segunda-feira (10), na Ladeira da Soledade, no Bairro da Lapinha, em Salvador.

O titular da 2ª Delegacia, Luís Henrique Costa, contou que Eric disse que não sabia que a vítima era um policial militar, mas que desconfiava que a esposa estava mantendo um romance fora do casamento. Ele contou para a polícia que não planejou o crime e que está arrependido.

"Ele disse que saiu de casa para jogar o lixo fora e viu quando a esposa chegou em um carro com outro homem. Disse que os vizinhos estavam comentando da traição e, por isso, estava desconfiado. Já a esposa dele disse que Eric já estava esperando pelos dois na porta de casa", contou.

Eric e o policial militar tiveram uma discussão e entraram em luta. Durante a confusão, ele conseguiu pegar a arma do PM e atirou no militar duas vezes. Tudo aconteceu por volta das 23h. O mandado de prisão é temporário, ou seja, tem validade por 30 dias, tempo para a conclusão do inquérito. Ele será indicado por tentativa de homicídio e foi encaminhado para o sistema prisional. 

O PM foi atingido no lado direito do queixo e no lado esquerdo do tórax. Ele continua internado no Hospital Ernesto Simões Filho, no Pau Miúdo, em estado grave. Ele é lotado na 23ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Tancredo Neves).

Comentários