Preso por matar a própria mulher diz que faca caiu na barriga dela e que tiro foi acidental

A Polícia Civil de Autazes, interior do Amazonas, prendeu o pescador Nelciney Pinto de Lima, de 29 anos, que confessou o homicídio da própria mulher, a dona de casa Marinez Amaral de Souza, 35 anos, morta com um tiro e uma facada. Em seu depoimento à polícia, o criminoso garantiu que o disparo foi acidental e que uma faca caiu, sem querer, na barriga de Marinez.

O crime ocorreu na manhã da última quarta-feira, na residência do casal, na comunidade São Sebastião, zona rural de Autazes, a 113 quilômetros de Manaus.

Segundo o delegado Alon Jeferson Michaleski, titular da 35ª Delegacia Interativa, Nelciney contou que brigou com a mulher devido a uma crise de ciúmes dela. Em meio à discussão, ele tentou sair de casa com uma espingarda e, segundo a sua confissão, foi detido pela mulher, que pegou na arma, causando um disparo acidental na perna dela.

Ainda de acordo com o depoimento de Nelciney, antes de cair no chão, a vítima bateu com o corpo na pia, e uma faca teria caído em cima dela, causando ferimento na barriga.

A dona de casa foi levada para o Hospital e Pronto Socorro Dr. João Lúcio Pereira Machado, pelo próprio marido. Ela não resistiu aos ferimentos. Ele foi preso na unidade hospitalar.

Comentários