Cunhado estrangula adolescente e joga corpo no rio Tietê

A jovem Isabela Ferreira, 17 anos, foi estrangulada e jogada no rio Tietê, em Itu (SP), neste final de semana. O corpo dela ainda não foi localizado, após dois dias de buscas do Corpo de Bombeiros. O cunhado da jovem foi preso, confessou o crime e acabou se matando dentro da delegacia. 

A família chamou a Polícia Militar para denunciar o desaparecimento de Isabela na na noite de sábado (13). Testemunhas relataram que Isabela sumiu depois de entrar em um Gol branco. Como o cunhado da vítima era dono de um carro deste modelo e cor, ele foi procurado pela polícia e se mostrou bastante nervoso. Uma busca no veículo localizou manchas de sangue na porta de passageiro e marca de sapato no painel. 

O rapaz foi pressionado e acabou pressionando o crime. Ele contou que atraiu a adolescente mandando uma mensagem pelo celular da irmã dela. Ele tentou estuprar a adolescente, mas não conseguiu, e acabou estrangulando a jovem. Depois, jogou o corpo dela no rio Tietê - segundo ele, ela aparentava estar morta, mas ele não checou.

O criminoso foi indiciado por estupro tentado e feminicídio. Horas depois de ser preso, ele se matou enforcado usando o cadarço do próprio tênis, segundo a Polícia Civil. 

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública informou que foi aberto um inquérito policial em relação ao caso e a Corregedoria Auxiliar de Sorocaba (SP) acompanha as investigações.

Comentários