Guilherme de Pádua se casa na igreja, 20 anos após condenação por assassinato

Guilherme de Pádua realizou nesta sexta-feira, em Belo Horizonte, a cerimônia religiosa para celebrar a união com a maquiadora Juliana Lacerda, de 30 anos. O casamento aconteceu na Igreja Batista de Lagoinha, exatos 20 anos depois da condenação do ex-ator, de 47 anos e hoje pastor evangélico, pelo assassinato da atriz Daniella Perez, filha da autora da novela "A força do querer", Gloria Perez.
Guilherme e a então mulher, Paula Tomaz, assassinaram a atriz a tesouradas em 28 de dezembro de 1992 e foram condenados cinco anos depois por homicídio qualificado, a 19 anos e seis meses de cadeia. A pena foi reduzida a seis anos.


Comentários