Ônibus do sub-17 do Vasco sofre acidente e deixa jogadores feridos

Um ônibus que transportava a equipe sub-17 do Vasco da Gama tombou e interditou totalmente, por cerca de 30 minutos, o km 50 da RJ-116, em Cachoeiras de Macacu, na tarde deste sábado (13). O Vasco, em nota (leia no fim da matéria), divulgou que cinco atletas ficaram feridos, além de um membro da comissão técnica, mas todos passam bem.

O GloboEsporte.com entrou em contato com o vice médico cruz-maltino, dr Egas, que atualizou a situação de cada ferido. (Leia no fim da matéria). Ele também infoormou que todos os jogadores, ao retornarem ao Rio, foram examinados em São Januário.

As vítimas foram socorridas pelas ambulâncias do Corpo de Bombeiros de Nova Friburgo e de Cachoeiras de Macacu, do SAMU, do Hospital de Cachoeiras de Macacu e da Concessionária Rota 116 S/A. De acordo com a concessionária, os feridos foram encaminhados para o Hospital Municipal de Cachoeiras de Macacu, depois que o ônibus perdeu o freio, bateu na traseira de um caminhão e virou na pista.

Equipes da Rota 116 prestaram os primeiros socorros. O estado de saúde das vítimas ainda não foi divulgado.
Ainda de acordo com concessionária, o veículo seguia em direção ao Rio de Janeiro e os atletas participaram de uma partida pelo campeonato estadual contra o time do Friburguense, em Nova Friburgo. A equipe venceu o Friburguense às 11h deste sábado (13) por 2 a 1, no Estádio Eduardo Guinle, pela Taça Guanabara.

Nota oficial do Vasco:
"O ônibus que levava a equipe sub-17 do Vasco sofreu uma acidente na região serrana - altura de Cachoeiras de Macacu - após voltar do jogo diante da equipe contra o Friburguense, pelo Estadual, no qual os vascaínos venceram por 2 a 1. Todos os atletas e membros da comissão técnica estão bem e conscientes.

A Diretoria e o Departamento Médico do clube se encaminharam imediatamente ao local para realizar todos os procedimentos necessários.

Os atletas Bruno Clevelario, Bruno Chiaromonte, Vinicius Paiva, Douglas Carvalho, Caio Lopes e o analista de desempenho Filipe Nunes tiveram a necessidade de pronto atendimento, mas estão conscientes e passam bem, sendo acompanhados de perto por profissionais da área médica do clube."

A situação de cada ferido:

Bruno Clevelario (jogador)
Suspeita de TCE (traumatismo crânioencefálico), mas está lúcido. Vai fazer tomografia e ficar em observação. (Hospital Oliveira Alberto Torres, em são Gonçalo)

Bruno Chiaromonte (jogador)
Fratura na mão, fratura exposta, vai passar por limpeza e cirurgia. (Hospital Oliveira Alberto Torres, em são Gonçalo)

Douglas Carvalho (jogador)
Teve trauma lombar, fez tomografia de coluna, para ver se teve lesão. (Hospital Oliveira Alberto Torres, em são Gonçalo)

Caio Lopes (jogador)
Sofreu perda de pele no joelho e tornozelo. Estamos vendo para onde ele vai, para qual hospital.

Vinicius Paiva (jogador)
Ferida cortante na cabeça, foi suturada. Fez uma tomografia de crânio, que deu normal. Está lúcido, vai para Casa de Portugal e ficar 24h sob observação.

Filipe Nunes (Analista de desempenho )
Teve trauma lombar, bateu também com o rosto. Está na Casa de Portugal sendo avaliado

Comentários