Superintendência do Meio Ambiente leva produção e Informação do Sabão Ecológico a estudantes técnicos

Trinta estudantes do ensino técnico do Centro Estadual de Educação Profissional em Logística, Transporte e Produção Industrial (CEEP Logística), antigo Colégio Estadual em Ilhéus, participaram ontem (2), durante todo o dia, de um curso sobre produção de Sabão Ecológico, patrocinado pela Superintendência de Meio Ambiente da Secretaria Municipal de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável (Seplandes).

Ministrado pela especialista Aparecida Braga e sob a coordenação da gerente de gestão ambiental, Vanessa Paim, o curso produziu 100 litros de sabão líquido e 150 barras de sabão, utilizando 45 litros de óleo de soja e cinco litros de óleo de dendê,coletados, após o uso, em lanchonetes da cidade.

De acordo com o superintendente do Meio Ambiente, Emílio Gusmão, o objetivo da iniciativa é fazer com que os estudantes mais jovens levem a prática do Sabão Ecológico para dentro de casa. “O descarte da gordura domiciliar é, sem dúvida, um problema sério e, comumente, o grande responsável pelo entupimento de redes de saneamento da cidade”, destacou.

De acordo com o superintendente do Meio Ambiente, o próximo passo é levar o curso aos proprietários de lanchonetes de Ilhéus. Ainda é grande o número de queixas que chegam à superintendência do Meio Ambiente dando conta do descarte irregular do óleo na rede pluvial da cidade.

Comentários