Namorado de mulher encontrada morta dentro de saco em Itapuã é preso

O pedreiro Edgar Pereira Costa, de 46 anos, suspeito de matar e colocar em um saco o corpo da namorada Cláudia Santana de Oliveira, 26, foi preso, na tarde desta sexta-feira (4), no município de Itabuna, no sul da Bahia. A mulher foi encontrada morta, na manhã de hoje, por familiares, na casa de Edgar, em Itapuã, imediações do Motel Tokaia, na avenida Dorival Caymmi.

Segundo informações da Polícia Civil, a delegada Magda Suely Lima Figueiredo, titular Delegacia de Homicídios (DH), de Itabuna, foi avisada pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que Edgar estaria se dirigindo para o município, onde pretendia se esconder na casa de familiares. A delegada encaminhou duas unidades da DH para o posto da PRF, na BR-101, para interceptar o veículo e prenser o suspeito.

Conduzido à delegacia, Edgar negou que tivesse matado a namorada e que estaria fugindo. Ele disse que na noite de quinta para sexta-feira, os dois estavam bebendo em sua casa, quando tiveram um desentendimento. Edgar informou que a empurrou e ela caiu no chão, sofrendo um ferimento que sangrava, mas não soube dizer onde se machucara.
Ainda de acordo com a PC, o pedreiro disse que a namorada foi dormir e que permaneceu bebendo um pouco mais antes de ir dormir horas depois. Quando acordou, percebeu que ela estava sem vida. O suspeito informou que entrou em pânico e, sem saber o que fazer, colocou o corpo da namorada em um saco, escondendo no banheiro. Fez uma mala e foi embora para se encontrar com parentes que residem em Itabuna.

A delegada da DH/Itabuna apurou com Edgar que os dois estavam há sete meses juntos, apesar dela morar ainda na casa dos pais, que fica na mesma rua em que reside. Confessou que já foi usuário de drogas, mas que tinha se livrado do vício. O pedreiro insistiu com a delegada que não avisou a polícia sobre o ocorrido porque ficou com medo, preferindo buscar o apoio de familiares. Edgar será recambiado para Salvador em data ainda a ser definida.

Comentários