Quatro donos de postos de gasolina são indiciados por irregularidades

Os donos de quatro postos de gasolina de Salvador foram indiciados na Delegacia de Defesa do Consumidor (Decon) por irregularidades na comercialização de combustíveis e alimentos nas lojas de conveniência. As autuações acontecem após operação deflagrada pela Decon ao lado de outros órgãos. A Polícia Civil não divulgou quais os foram os postos em questão.

A ação conjunta acontece após denúncias e vai se repetir na sexta-feira (4) em Salvador. Hoje, cinco postos foram visitas por técnicos e policiais - em quatro deles foram achados problemas, incluindo vazamento de combustível e fornecimento de quantidade inferior ao mostrado na bomba. Já nas lojas de conveniência, foram encontrados produtos vencidos ou impróprios para o consumo.

Os autuados vão responder a procedimentos administrativos e criminais. A delegada Idalina Oterno, da Decon, afirmou que a ação continua. "O objetivo é melhorar a qualidade dos serviços prestados ao consumidor. As empresas autuadas serão ouvidas e os procedimentos relativos as autuações serão instalados com a devida repercussão criminal", explica.

Ainda participaram da operação Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), a Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), Instituto Baiano de Metrologia (Ibametro) e Coordenadoria de Proteção e Defesa do Consumidor (Codecon).

Comentários