Homem fica em estado grave após ser picado por cobra em praça

Um homem de 53 anos foi picado por uma cobra venenosa em São Vicente, no litoral de São Paulo, e encaminhado para o Hospital Guilherme Álvaro, em Santos. Segundo apurado pelo G1, ele segue internado, em estado grave, na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

A vítima foi identificada como Lari Marcos Radunz. Ele deu entrada na Hospital Municipal de São Vicente (antigo Crei) no fim da tarde da última quinta-feira (19). De acordo com a Administração Municipal, ele apresentava sintomas de sonolência, edema e hiperemia na mão direita.

Ele recebeu o primeiro atendimento no Hospital Municipal, mas foi transferido para o Hospital Guilherme Álvaro, em Santos, por decisão da Central de Regulação de Vagas e Ofertas de Serviços de Saúde. Segundo a Prefeitura, o HGA é referência regional para esses casos.

Segundo informações da Secretaria de Estado da Saúde, a transferência aconteceu na madrugada de sexta-feira (20). No Guilherme Álvaro, o paciente recebeu o soro antibotrópico, tratamento indicado para picadas de serpentes do gênero Bothrops, como a jararacuçu.

Devido ao seu quadro clínico, ele foi internado na UTI, onde permanece recebendo toda a assistência necessária. A Prefeitura ainda informa que a inoculação teria sido provocada por uma cobra jararacuçu. No momento da transferência, o estado de saúde do paciente era estável.
No mesmo dia, em São Vicente, uma cobra venenosa da espécie jararacuçu apareceu na Praça 22 de Janeiro e assustou os moradores. A população acionou a Guarda Civil Municipal, que foi até o local e capturou a cobra, que acabou encaminhada ao Centro de Pesquisa e Triagem de Animais Selvagens (Ceptas), em Cubatão (SP).

Comentários