Conselho de Educação fixa normas para escolas de educação em Ilhéus

terça-feira, 13 de agosto de 2013 Marcadores:
A Responsabilidade dos Gestores pelo Ambiente Escolar e a nova Resolução do Conselho Municipal de Educação (CME), que fixa normas para autorização, renovação e extinção das escolas de Educação Infantil do Sistema Municipal de Educação de Ilhéus foram os principais temas abordados durante o III Seminário de Mobilização Social pela Educação de Ilhéus, realizado segunda-feira, dia12, no auditório da Justiça Federal.
Realizado através de parceria entre o Conselho Municipal de Educação, o Ministério Público da Bahia e a Secretaria Municipal de Educação (Seduc), o seminário surgiu a partir do programa ‘O MP e os objetivos do milênio’, que estipula metas para o setor deeducação. Nesta terceira edição, participaram gestores escolares das redes pública e privada de ensino. 

A promotora de justiça Karine Cherubiniabriu o seminário com uma palestra sobre a Responsabilidade dos Gestores pelo Ambiente Escolar, durante a qual alertou aos diretores e vice-diretores de escolas quanto ao seu “papel na base da pirâmide da Educação”. Conforme a promotora, o diretor de escola é um cargo comissionado e, portanto, possui responsabilidade civil perante a escola.

Durante a abertura do evento, também se pronunciaram o presidente do CME, Reinaldo Soares, a representante da secretaria municipal de educação, Elza Oliveira, os presidentes dosconselhosmunicipais do Fundeb, Osman Nogueira, e de Alimentação Escolar, Nilza Lima, além dos conselheiros Pascoal João e Gilda Porto, respectivos representantes da APPI-APLB e da Direc 06.

0 COMENTÁRIOS:

 
Informe Geral Itabuna © 2013 | Traduzido Por: Template Para Blogspot